SINDIRECEITA/CEDS/RJ: COMUNICADO URGENTE

SINDIRECEITA/CEDS/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

CONSELHO ESTADUAL DE DELEGACIAS SINDICAIS NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO

 

COMUNICADO URGENTE

 

A Mesa Diretora do SINDIRECEITA/CEDS/RJ – Conselho Estadual de Delegacias Sindicais no Estado do Rio de Janeiro recomenda aos Delegados Sindicais do RJ, a realização de Assembleias Locais para a formação de Comandos de Mobilização/Greve Locais, com filiados da base e Diretores da Delegacia Sindical.

Este Comando Local deverá em sua primeira reunião eleger um Coordenador que, juntamente com um diretor da DS, farão parte do Comando de Mobilização/Greve Estadual que possuirá um integrante da Mesa Diretora do CEDS/RJ.

 

Rio de Janeiro/RJ, 22 de julho de 2015.

Sérgio Augusto Damasceno

Presidente

SINDIRECEITA/CEDS/RJ

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ: ASSEMBLEIA LOCAL: 19, 20 e 21/07/2016

VERSÃO PARA IMPRESSÃO

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL NO RIO DE JANEIRO/RJ

 

ASSEMBLEIA LOCAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical no Rio de Janeiro/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ, Aderaldo Vieira Chaves, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, CONVOCA os filiados para comparecerem a ASSEMBLÉIA LOCAL, a realizar-se nos dias 19, 20 e 21 de julho de 2016 (terça-feira, quarta-feira, quinta-feira), às 14 hs, no Ministério da Fazenda/RJ na Avenida Presidente Antônio Carlos, nº 375, sala 228 (CEDUC/7ª SRRF) para discutirem a seguinte pauta:

 

Pauta:

1) Informes Gerais e Avaliação de Conjuntura

2) Negociação salarial.

 

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.org.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br

 

Rio de Janeiro/RJ, 18 de julho de 2016.

 

Aderaldo Vieira Chaves

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS Rio de Janeiro/RJ

SINDIRECEITA/DS NOVA IGUAÇU/RJ: AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA: 13 E 14/07/2016

VERSÃO PARA IMPRESSÃO

SINDIRECEITA/DS NOVA IGUAÇU/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL EM NOVA IGUAÇU/RJ

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical em Nova Iguaçu/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA, Sérgio Augusto Damasceno, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, e considerando o seguinte edital: Edital de Convocação AGNU – de 13 a 15 de julho de 2016. A presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), de acordo com suas atribuições e em consonância com os artigos 64, inciso X e XI, 29 e 30 do Estatuto da entidade, CONVOCA todos os filiados a comparecer à ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA – AGNU, a realizar-se no período de 13 a 15 de julho de 2016, conforme data, hora e local a ser determinado pelo edital da respectiva Delegacia Sindical, para discutir e deliberar sobre a seguinte pauta: Intensificação da mobilização dos Analistas-Tributários.Sílvia Helena de Alencar Felismino. Presidenta do Sindireceita. CONVOCA os filiados para:

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

 

Pauta:

1) Intensificação da mobilização dos Analistas-Tributários

 

Local 1: Alfândega no Porto de Itaguaí

Estrada Ilha da Madeira, S/N, Prédio Institucional, Ilha da Madeira Itaguaí, RJ.

Dia: 13/07/2016(Quarta-feira) – Horário: 11h

 

Local 2: DRF Volta Redonda

Rua Dezesseis, 73, Vila Santa Cecília, Volta Redonda, RJ

Dia: Dia: 13/07/2016 (Quarta-feira) – Horário: 15h

 

Local 3: DRF Nova Iguaçu

Rua Ataíde Moraes, 220, Auditório, Centro, Nova Iguaçu, RJ

Dia: 14/07/2016 (Quinta-feira) – Horário: 11h

 

A avaliação de conjuntura e os indicativos deverão ser lidos em www.sindireceita.org.br.

 

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.or.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br.

Rio de Janeiro, 12 de julho de 2016.

Sergio Augusto Damasceno

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS NOVA IGUAÇU/RJ

SINDIRECEITA/RIO DE JANEIRO/RJ: AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA: 13 E 14/07/2016

VERSÃO PARA IMPRESSÃO

SINDIRECEITA/RIO DE JANEIRO/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL NO RIO DE JANEIRO/RJ

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical no Rio de Janeiro/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA, Aderaldo Vieira Chaves, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, e considerando o seguinte edital: Edital de Convocação AGNU – de 13 a 15 de julho de 2016. A presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), de acordo com suas atribuições e em consonância com os artigos 64, inciso X e XI, 29 e 30 do Estatuto da entidade, CONVOCA todos os filiados a comparecer à ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA – AGNU, a realizar-se no período de 13 a 15 de julho de 2016, conforme data, hora e local a ser determinado pelo edital da respectiva Delegacia Sindical, para discutir e deliberar sobre a seguinte pauta: Intensificação da mobilização dos Analistas-Tributários. Em breve na Área Restrita do site a Avaliação de Conjuntura e os Indicativos da AGNU. Sílvia Helena de Alencar Felismino. Presidenta do Sindireceita; CONVOCA os filiados para:

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

Pauta:

1) : Intensificação da mobilização dos Analistas-Tributários.

 

Locais e horários:

Local 1: Ministério da Fazenda RJ

Av. Presidente Antonio Carlos, 375, Auditório no 13º andar, Castelo, Rio de Janeiro, RJ

Dia: 13/07/2016 (Quarta-feira) – Horário: 14h

 

Local 2: DRF Campos dos Goytacazes

Avenida Ruy Barbosa, 975, Centro, Campos dos Goytacazes

Dia: 14/07/2016 (Quinta-feira) – Horário: 10h

 

Local 3: DRF Macaé

Rua Gov. Roberto Silveira, 10, Centro, Macaé, RJ

Dia: 14/07/2016 (Quinta-feira) – Horário: 13h

 

Local 4: CAC Barra da Tijuca

Avenida Ayrton Senna, nº 2001, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ

Dia: 14/07/2016 (Quinta-feira) – Horário: 12h30

 

A avaliação de conjuntura e os indicativos deverão ser lidos em www.sindireceita.org.br.

 

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.org.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br

Rio de Janeiro/RJ, 12 de julho de 2016.

Aderaldo Vieira Chaves

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS Rio de Janeiro/RJ

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ: ASSEMBLEIA LOCAL – 12 e 14/07/2016

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL NO RIO DE JANEIRO/RJ

ASSEMBLEIA LOCAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical no Rio de Janeiro/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ, Aderaldo Vieira Chaves, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, CONVOCA os filiados para comparecerem a ASSEMBLÉIA LOCAL, a realizar-se nos dias 12(terça-feira) e 14(quinta-feira) de julho de 2016, às 14H, no Ministério da Fazenda/RJ na Avenida Presidente Antônio Carlos, nº 375, sala 228 (CEDUC/7ª SRRF) para discutirem a seguinte pauta:

Pauta:
1) Informes Gerais e Avaliação de Conjuntura
2) Negociação salarial.

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.org.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br

 

Rio de Janeiro/RJ, 29 de junho de 2016.

 

Aderaldo Vieira Chaves

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS Rio de Janeiro/RJ

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ: EDITAL DE CONVOCAÇÃO: ASSEMBLEIA LOCAL

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL NO RIO DE JANEIRO/RJ

ASSEMBLEIA LOCAL

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical no Rio de Janeiro/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil –SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ, Aderaldo Vieira Chaves, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, CONVOCA os filiados para comparecerem a ASSEMBLEIA LOCAL, a realizar-se nos dias 05 e 07 de julho de 2016 (terça-feira e quinta-feira), às 14 hs, no Ministério da Fazenda/RJ na Avenida Presidente Antônio Carlos, nº 375, sala 228 (CEDUC/7ª SRRF) para discutirem a seguinte pauta:

 Pauta:

1) Informes Gerais e Avaliação de Conjuntura

2) Negociação salarial.

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.org.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br

Rio de Janeiro/RJ, 29 de junho de 2016.

Aderaldo Vieira Chaves

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS Rio de Janeiro/RJ

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ: Edital de convocação de Reunião: 30/06/2016

VERSÃO PARA IMPRESSÃO

SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL NO RIO DE JANEIRO/RJ

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical no Rio de Janeiro/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA/DS RIO DE JANEIRO/RJ, Aderaldo Vieira Chaves, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, CONVOCA os filiados para comparecerem a REUNIÃO, a realizar-se no dia 30 de junho de 2016 (quinta-feira), às 14h, no Ministério da Fazenda/RJ na Avenida Presidente Antonio Carlos 375, sala 1111 para discutirem a seguinte pauta:

Pauta:

1) Informes Gerais e Avaliação de Conjuntura

2) Negociação salarial.

 

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.org.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br

 

Rio de Janeiro/RJ, 27 de junho de 2016.

 

Aderaldo Vieira Chaves

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS Rio de Janeiro/RJ

DELEGACIA SINDICAL ALF-GALEÃO/RJ: EDITAL DE CONVOCAÇÃO: AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

VERSÃO PARA IMPRESSÃO

SINDIRECEITA/DS ALF-GALEÃO/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL ALF-GALEÃO/RJ

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical da DS ALF-GALEÃO/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA, Roberto Araújo Júnior, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, considerando o seguinte edital de convocação:” Edital de Convocação AGNU – de 22 a 24 de junho de 2016, A presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), de acordo com suas atribuições e em consonância com os artigos 64, inciso X e XI, 29 e 30 do Estatuto da entidade, CONVOCA todos os filiados a comparecer à ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA – AGNU, a realizar-se no período de 22 a 24 de junho de 2016, conforme data, hora e local a ser determinado pelo edital da respectiva Delegacia Sindical, para discutir e deliberar sobre a seguinte pauta: Encaminhamento do Projeto de Reestruturação Salarial; e Ampliação da mobilização. Sílvia Helena de Alencar Felismino. Presidenta do Sindireceita; CONVOCA os filiados para:

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

 

Pauta:

1)Encaminhamento do Projeto de Reestruturação Salarial; e

2)Ampliação da mobilização

 

Local:

Alfândega do Aeroporto Internacional do Galeão (Antônio Carlos Jobim)

Ponta do Galeão, s/n, 3º andar, Prédio Administrativo, Sala do SETEC, Ilha do Governador, Rio de Janeiro, RJ

Dia: 24/06/2016 (Sexta-Feira)

Horário: 11hs

 

A avaliação de conjuntura e os indicativos deverão ser lidos em www.sindireceita.org.br.

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.org.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br.

 

Rio de Janeiro, 21 de junho de 2016.

Roberto Araújo Júnior

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS ALF-GALEÃO/RJ

SINDIRECEITA/DS NOVA IGUAÇU/RJ: EDITAL DE CONVOCAÇÃO: AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

VERSÃO PARA IMPRESSÃO

SINDIRECEITA/DS NOVA IGUAÇU/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL EM NOVA IGUAÇU/RJ

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

 

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical em Nova Iguaçu/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA, Sérgio Augusto Damasceno, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, e considerando o seguinte edital: Edital de Convocação AGNU – de 22 a 24 de junho de 2016, A presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), de acordo com suas atribuições e em consonância com os artigos 64, inciso X e XI, 29 e 30 do Estatuto da entidade, CONVOCA todos os filiados a comparecer à ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA – AGNU, a realizar-se no período de 22 a 24 de junho de 2016, conforme data, hora e local a ser determinado pelo edital da respectiva Delegacia Sindical, para discutir e deliberar sobre a seguinte pauta: Encaminhamento do Projeto de Reestruturação Salarial; e Ampliação da mobilização. Sílvia Helena de Alencar Felismino. Presidenta do Sindireceita; CONVOCA os filiados para:

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

 

Pauta:

Local 1: DRF Nova Iguaçu

Rua Ataíde Moraes, 220, Auditório, Centro, Nova Iguaçu, RJ

Dia: 22/06/2016 (Quarta-feira) – Horário: 11h

 

Local 2: DRF Volta Redonda

Rua Dezesseis, 73, Vila Santa Cecília, Volta Redonda, RJ

Dia: Dia: 22/06/2016 (Quarta-feira) – Horário: 15h

 

Local 3: Alfândega no Porto de Itaguaí

Estrada Ilha da Madeira, S/N, Prédio Institucional, Ilha da Madeira Itaguaí, RJ.

Dia: 23/06/2016(Quinta-feira) – Horário: 11h

 

A avaliação de conjuntura e os indicativos deverão ser lidos em www.sindireceita.org.br.

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.or.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br.

 

Rio de Janeiro, 20 de junho de 2016.

 

Sergio Augusto Damasceno

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS NOVA IGUAÇU/RJ

DS RIO DE JANEIRO: AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA EDITAL DE CONVOCAÇÃO

VERSÃO PARA IMPRESSÃO

SINDIRECEITA/RIO DE JANEIRO/RJ

SINDICATO NACIONAL DOS ANALISTAS-TRIBUTÁRIOS DA RECEITA FEDERAL DO BRASIL

DELEGACIA SINDICAL NO RIO DE JANEIRO/RJ

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

EDITAL DE CONVOCAÇÃO

O Delegado Sindical da Delegacia Sindical no Rio de Janeiro/RJ do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil – SINDIRECEITA, Aderaldo Vieira Chaves, no uso de suas atribuições regimentais e estatutárias, e considerando o seguinte edital: Edital de Convocação AGNU – de 22 a 24 de junho de 2016, A presidente do Sindicato Nacional dos Analistas-Tributários da Receita Federal do Brasil (Sindireceita), de acordo com suas atribuições e em consonância com os artigos 64, inciso X e XI, 29 e 30 do Estatuto da entidade, CONVOCA todos os filiados a comparecer à ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA – AGNU, a realizar-se no período de 22 a 24 de junho de 2016, conforme data, hora e local a ser determinado pelo edital da respectiva Delegacia Sindical, para discutir e deliberar sobre a seguinte pauta: Encaminhamento do Projeto de Reestruturação Salarial; e Ampliação da mobilização. Sílvia Helena de Alencar Felismino. Presidenta do Sindireceita; CONVOCA os filiados para:

AGNU – ASSEMBLEIA GERAL NACIONAL UNIFICADA

Pauta:

1)Encaminhamento do Projeto de Reestruturação Salarial; e

2) Ampliação da mobilização

 

Locais e horários:

Local  1:   Ministério da Fazenda RJ

Av. Presidente Antonio Carlos, 375, Auditório no 13º andar, Castelo, Rio de Janeiro, RJ

Dia: 23/06/2016 (Quinta-feira) – Horário: 14hs

 

Local  2:   DRF Macaé

Rua Gov. Roberto Silveira, 10, Centro, Macaé, RJ

Dia: 23/06/2016 (Quinta-feira) – Horário: 14h

 

Local  3:   DRF Campos dos Goytacazes

Avenida Ruy Barbosa, 975, Centro, Campos dos Goytacazes

Dia: 23/06/2016 (Quinta-feira) – Horário: 14h

 

Local  4: CAC Barra da Tijuca

Avenida Ayrton Senna, nº 2001, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, RJ

Dia: 24/06/2016 (Sexta-feira) – Horário: 12h30

 

A avaliação de conjuntura e os indicativos deverão ser lidos em www.sindireceita.org.br.

Publique-se no site do SINDIRECEITA/CEDS/RJ: www.atrfb.org.br e no site do SINDIRECEITA: www.sindireceita.org.br

 

Rio de Janeiro/RJ, 20 de junho de 2016.

Aderaldo Vieira Chaves

Delegado Sindical

SINDIRECEITA/DS Rio de Janeiro/RJ

Governo do RJ decreta estado de calamidade pública devido à crise

decreto2

Decreto foi publicado nesta sexta-feira no Diário Oficial do RJ (Foto: Reprodução/Diário Oficial do RJ)

Segundo decreto, crise impede cumprimento de obrigações com Olimpíada.
Governo teme ‘total colapso’ em saúde, segurança, educação e mobilidade.

A crise que atinge o Rio de Janeiro levou o governador em exercício, Francisco Dornelles, a decretar estado de calamidade pública nesta sexta-feira (17). A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do governo.

Segundo o decreto, publicado no Diário Oficial, o motivo é a “grave crise financeira”, que impede o cumprimento das obrigações assumidas em decorrência da realização da Olimpíada e Paraolimpíada.

De acordo com o texto, o governo teme um “total colapso na segurança pública, na saúde, na educação, na mobilidade e na gestão ambiental”.

“Ficam as autoridades competentes autorizadas a adotar medidas excepcionais necessárias à racionalização de todos os serviços públicos essenciais, com vistas à realização dos Jogos”, diz o artigo 2° do decreto.

Ainda de acordo com o texto, as autoridades competentes ainda “editarão os atos normativos necessários à regulamentação do estado de calamidade pública para a realização dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016”.

Justificativas
Entre considerações expostas no decreto, estão: a grave crise financeira; a queda na arrecadação, principalmente de ICMS e royalties do petróleo; os esforços de “reprogramação financeira” para ajustar as contas; a dificuldade de honrar compromissos com os Jogos; as dificuldades em prestar serviços públicos essenciais; e a chegada, já em junho, de delegações para a Olimpíada.

No decreto, o governador cita também a “importância e repercussão mundial” do evento, “onde qualquer desestabilização institucional implicará em risco à imagem do país de dificílima recuperação”.

Procurado pelo G1, o presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani, disse que não vai comentar o fato.

Fonte: G1

Em defesa da paridade ANFIP oficializou o pedido de revisão do Termo de Acordo Salarial e ajuíza ação exigindo respeito a paridade

paridade_sempreXV EN: encerramento reafirma compromissos da ANFIP

Na última mesa de debates do XV Encontro Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil, realizada no sábado (11), em Rio Quente (GO), os conselheiros da ANFIP reforçaram a defesa da Entidade pela paridade entre ativos, aposentados e pensionistas e prestaram contas da atuação política da ANFIP no último período. O encontro aconteceu desde o dia 9, no Complexo do Rio Quente Resorts e reuniu mais de 600 participantes. Mais >

UNACON: Servidores de todo o país retomam atuação nos dias 14 e 15 de junho

unacon_cguEM DEFESA DA CGU

No DF, além de ato público em frente ao órgão, está prevista ação no Congresso. Nos estados, atividades serão convocadas por cada delegacia sindical. Paralisação de 48 horas foi aprovada em AGE

O Unacon Sindical retoma atuação em Defesa da Controladoria-Geral da União (CGU). Servidores de todo o país voltam a se reunir nos dias 14 e 15 de junho contra a Medida Provisória 726/2016. A paralisação de 48 horas foi aprovada na semana passada (relembre aqui). No DF, além de ato público em frente ao órgão, a partir das 10h, está prevista articulação no Congresso Nacional para buscar apoio parlamentar em prol da manutenção do órgão. Nos estados, calendário de atividades será divulgado por cada delegacia sindical.  O ministro Torquato Jardim está ciente da continuidade da mobilização. O Sindicato comunicou a deliberação nesta segunda, 13, por meio do Ofício n° 122/2016. Mais >

Interrupção do pagamento do abono de permanência é tema de repercussão geral

stf_fachadaO Supremo Tribunal Federal (STF) vai decidir em que momento o pagamento do abono de permanência devido ao servidor público deve ser interrompido, se a partir do requerimento de aposentadoria ou se na conclusão do processo de jubilação. O tema, que teve repercussão geral reconhecida pelo Plenário Virtual da Corte, será discutido no Recurso Extraordinário (RE) 956304. O relator do processo, ministro Dias Toffoli, observou que a questão “apresenta densidade constitucional e extrapola os interesses subjetivos das partes, sendo relevante para as esferas da Administração Pública brasileira, assim como para os servidores públicos em geral, que podem vir a se encontrar na mesma situação”.

No caso dos autos, o governo de Goiás interpôs recurso extraordinário contra acórdão do Tribunal de Justiça local (TJ-GO) que, ao julgar mandado de segurança impetrado por entidade sindical representante dos servidores do Fisco estadual, entendeu que o pagamento do abono de permanência a quem requereu aposentadoria por tempo de contribuição deve ser mantido até a conclusão do processo. O governo estadual sustenta que a opção do servidor pela aposentadoria é contrário ao espírito da norma, de estímulo à continuidade no trabalho, e que o abono de permanência deve ser cessado quando formulado o pedido de aposentadoria voluntária. Mais >

Piratas do Brás: Analistas-Tributários participam em apreensão de produtos em operação contra pirataria

receita_apreende

Receita apreende 200 toneladas de mercadorias em shoppings no Brás (Foto: Reprodução/Receita Federal)

Receita apreende R$ 70 milhões em produtos em operação contra pirataria

Órgão recolheu 200 toneladas de mercadorias em shopping no Brás.
Operação foi a maior realizada na capital nos últimos cinco anos. 

Agentes da Receita Federal apreenderam 210 toneladas de produtos supostamente falsificados durante operação contra a pirataria realizada entre os dias 30 de maio e 3 de junho, no Brás, no Centro de São Paulo. Tênis, bermudas, casacos, blusas e calças jeans estão entre os produtos que, somados, estão avaliados em aproximadamente R$ 70 milhões, de acordo com estimativa da própria Receita.

Os produtos foram recolhidos em um grande shopping popular da região que conta com cerca de 400 boxes. Dentro do local, os auditores-fiscais e analistas-tributários envolvidos na operação ainda encontraram diversas pequenas fábricas clandestinas de produtos falsificados. Máquinas de costura e prensas instaladas em sótãos eram utilizadas na produção para colocar etiquetas de marcas famosas nas peças. Mais >

Operação Muralha: Veículo carregado com cigarros bate em viatura da Receita

muralha3Operação Muralha: Veículo carregado com cigarros bate em viatura da Receita

Na manhã desta quarta-feira, 08, durante fiscalização na praça de Pedágio em São Miguel do Iguaçu, servidores da Receita Federal avistaram dois carros em alta velocidade. Os policiais iniciaram a perseguição quando o suspeito colidiu com a viatura. O motorista abandonou o carro e fugiu em meio ao milharal. O veículo estava carregado com cigarros contrabandeados. O segundo veículo conseguiu escapar após também colidir de leve com uma das viaturas. A ocorrência foi encaminhada a delegacia.

Fonte: Rádio Cultura Foz

Porte de arma tem parecer favorável em comissão do Senado

porte_armaO senador José Medeiros (PSD-MT) apresentou parecer favorável, com uma emenda de redação, ao Projeto de Lei da Câmara (PLC) 30/2007 (PL 6.404/2005 na Casa de origem), do deputado Nelson Pellegrino (PT-BA), dispondo que o porte de arma será concedido aos integrantes das Carreiras de Auditoria Fiscal e Técnicos da Receita Federal, Auditoria Fiscal do Trabalho, de Perícia Médica da Previdência Social, da Auditoria Tributária dos estados e do Distrito Federal, bem como de Oficiais de Justiça, de Avaliadores do Poder Judiciário da União e dos estados, e de Defensores Públicos.

A matéria tramita na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado Federal. Após votação no colegiado, a proposição seguirá para análise da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE).

Confira aqui o relatório.

Fonte: ANFIP

Gleisi Hoffmann critica Temer por aprovação de reajuste de servidores

Jefferson Rudy/Agência Senado

Jefferson Rudy/Agência Senado

A senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) criticou o presidente interino Michel Temer por ter, segundo avaliação dela, desrespeitado a Lei de Responsabilidade Fiscal e o Orçamento Geral da União.

Ela se referiu ao anúncio do aumento do déficit público, que passou de R$ 96,8 bilhões para R$ 170 bilhões e ao reajuste geral do funcionalismo público, recentemente aprovado na Câmara dos Deputados, que prevê aumento para ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o que faz que esses salários, que representam o teto do funcionalismo, tragam uma correção automática em vários outros setores.

— Na Magistratura, com certeza, porque, ao subir no Supremo, não só haverá reajustes na Magistratura federal, no Superior Tribunal de Justiça e nas varas federais, como também isso dá condições para que os juízes de nível estadual tenham reajustes nos seus salários. E aí vai a Procuradoria, vai a Advocacia-Geral da União, enfim, todas as carreiras jurídicas que tenham referência nos salários dos Ministros do Supremo. Mais >

Câmara aprova 14 projetos de reajuste salarial de carreiras dos três poderes

Plenário aprovou reajustes negociados desde 2015 com o governo Dilma, mas agora assumidos pelo governo Temer - Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Plenário aprovou reajustes negociados desde 2015 com o governo Dilma, mas agora assumidos pelo governo Temer – Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Plenário aprovou reajustes negociados desde 2015 com o governo Dilma, mas agora assumidos pelo governo Temer

O Plenário da Câmara dos Deputados aprovou, entre a noite desta quarta-feira (1º) e a madrugada de quinta-feira (2), 14 projetos de lei com recuperação salarial para diversas categorias dos três poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário).

Esses reajustes foram negociados desde 2015 com o governo da presidente Dilma Rousseff, agora afastada devido ao processo de impeachment, mas foram assumidos pelo presidente interino Michel Temer. Mais >

Em 9 carreiras, negociação inicia do zero

comecar_zeroCategorias, como a de policiais federais, auditores e diplomatas, temem não conseguir reajuste com a equipe econômica de Michel Temer

As nove carreiras que não fecharam acordo de aumento salarial com a equipe da presidente Dilma Rousseff são as que se sentem mais ameaçadas com a provável troca do governo. Agentes, delegados e peritos da Polícia Federal, policiais rodoviários federais, analistas de infraestrutura, analista técnico de políticas sociais, peritos federais agrários do Incra, servidores do Dnit e diplomatas vão ter de começar do zero as negociações com a nova equipe econômica.

Sérgio Ronaldo, da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal (Condsef), acredita que a mesa de negociações com a nova equipe de um governo Temer vai ser mais difícil do que com a de Dilma Rousseff. “Estamos correndo sérios riscos. Tudo indica que vai ser difícil tratar com esses novos atores”, afirmou. Mais >