Auditores da Receita e empresários presos em Operação da Polícia Federal

Eles são acusados de sonegação de impostos, desembaraço e contrabando de mercadorias falsificadas

Rio – Agentes da Polícia Federal estão nas ruas, nesta quarta-feira, para cumprir oito mandados de prisão e 24 de busca e apreensão contra uma quadrilha que agia nos portos do estado do Rio de Janeiro. A operação da PF foi batizada de ‘Poseidon’ e é resultado da investigação a crimes como importação e desembaraço de mercadorias por meio de fraude.

Até o momento, dois auditores fiscais da Receita Federal, um guarda portuário e um empresário já foram presos. A Polícia Federal ainda procura dois despachantes aduaneiros, um auditor e um empresário.

As investigações que levaram às prisões desta quarta-feira vêm sendo realizadas há um ano. De acordo com a PF, a quadrilha era especializada em sonegação de impostos e contrabando de mercadorias falsificadas. Os presos são suspeitos de serem os responsáveis por prejuízo de milhões de reais aos cofres públicos.

As centenas de toneladas de produtos falsificados, que vinham da China, tinham como destino a máfia chinesa que atuam no Estado de São Paulo. A investigação foi realizada pela Superintendência Regional de Policia Federal no Rio e conduzida pela Delegacia de Combate a Crimes Fazendários (DELEFAZ) e pela Delegacia Especial de Polícia Marítima (DEPOM) com o apoio da Receita Federal.

Fonte: O DIA ONLINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.