Camelô é preso ao vender dados da Receita em SP

A Polícia Civil prendeu ontem de manhã um camelô que vendia um CD com dados sigilosos da Receita Federal por R$ 1.000. Havia nos arquivos o valor da restituição dos contribuintes do Estado de São Paulo.
Segundo o delegado Antonio Lambert, do Deic, não dá para saber se há conexão da fonte do CD apreendido com o posto da Receita em Mauá, onde foram acessados dados de tucanos.
Alessandro Neves Moraes, 31, foi preso por um policial na região da rua Santa Ifigênia. Na delegacia, disse ser um metalúrgico desempregado e que recebia R$ 80 por cada CD vendido por R$ 1.000. Ele se negou a informar como obtinha os dados fiscais sigilosos.

Fonte: Folha de São Paulo – (MARIO CESAR CARVALHO)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.