Vídeos

‘Me senti um prisioneiro’, diz Lula sobre condução coercitiva em SP

‘Me senti um prisioneiro’, diz Lula sobre condução coercitiva em SP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse na tarde desta sexta-feira (4) que se sentiu “prisioneiro” por ter sido levado coercitivamente para prestar depoimento à Polícia Federal. Ele depôs no Aeroporto de Congonhas, na Zona Sul de São Paulo e, em seguida, foi à sede nacional do PT, no Centro da capital paulista, onde fez um pronunciamento (veja a íntegra no vídeo acima). O presidente afirmou ainda que “acertaram o rabo da jararaca”, mas “não mataram”. E também falou sobre a presidente Dilma Rousseff: Leia mais