Nota da ATRFB Antonia Silva

 Em face dos vários pedidos de entrevista exclusiva solicitados pela imprensa, declino novamente desses pedidos, porém, apresento os seguintes esclarecimentos:

 1) em primeiro lugar, o processo administrativo é sigiloso e sendo servidora da Receita Federal, só me cabe acatar e respeitar todos os seus trâmites legais para apuração dos fatos, em especial a realização de todas as perícias técnicas necessárias; desta forma, a insistência por interrogatórios fora dos procedimentos do processo administrativo, evidentemente, é inoportuna e iria tumultuar o andamento do referido processo; em razão disso, peço-lhes paciência e respeitem meu silêncio no atual momento;

 2) em segundo, o vazamento do meu nome, com conotação tendenciosa, posto que sem o teor de todos os fatos apurados/em apuração, só trouxe transtornos a toda a minha família, motivo mais que suficiente para não intensificar essa exposição;

 3) não obstante esses motivos, quanto aos fatos estranhamente vazados para a imprensa e as últimas notícias divulgadas sobre suposto esquema de compra e venda de informações, com ilações sem fundamento relacionando meu nome, nego veementemente meu envolvimento em qualquer tipo de esquema e reafirmo que não acessei irregularmente os dados fiscais de nenhum dos contribuintes citados nos jornais;

 4) Esclareço que, nos meus 15 anos de servidora da Receita, sempre procedi com lisura, bem assim meus superiores para comigo, e desconhecia até o momento da abertura do processo disciplinar que uma de minhas senhas tivesse sido utilizada irregularmente para o fim de acessar os dados fiscais dos contribuintes precitados; estou colaborando plenamente com os trabalhos da Comissão para que a verdade seja apurada, inclusive com a abertura de meu sigilo bancário, telefônico, o que for preciso, pois nada tenho a temer quanto ‘a prestação de qualquer prova;

 5) aliás, quanto ao compartilhamento de uma das minhas senhas necessárias para acessar o Sistema, o que me pôs no foco de toda a apuração dos fatos, este deu-se ÚNICA E EXCLUSIVAMENTE em função do volume de trabalho, o qual em razão de todo o meu histórico no órgão, por falha gerencial, agora sei, priorizei em detrimento da minha própria segurança, motivo pelo qual tenho total interesse na apuração correta e EQUILIBRADA, na forma do devido processo legal, pois sinto-me vítima em todo esse processo;

 6) por último, para pôr um fim às especulações forçadas, desconheço nos autos qualquer indiciamento sobre os fatos divulgados hoje na imprensa e mais uma vez, reafirmo que não sou e nunca fui filiada a qualquer partido político, assim como o meu marido.

 Sem mais para o momento,

 Antonia Aparecida Rodrigues dos Santos Neves Silva”

Fonte: Folha de São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.