Planejamento abre mesa de negociações com a FenaPRF

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão anunciou nesta quarta-feira, 22, a abertura da mesa de negociações com a Federação Nacional dos Policiais Rodoviários Federais. O anúncio foi feito durante reunião entre o presidente da FenaPRF, Gilson Dias da Silva, o diretor Parlamentar, Paulo Roberto Oliveira, o diretor  de Secretaria, Luciano Arruda e o diretor Jurídico da FenaPRF, Sidnei Nunes com o secretário de Recursos Humanos do MPOG, Duvanier de Paiva.

O representante da Federação entregou ao secretário de Recursos Humanos a proposta de reestruturação salarial aprovada em Assembleia da Federação. “Essa proposta faz a adequação da tabela salarial conforme a nova realidade da PRF, ou seja, de nível superior para ingresso na carreira”, revela Nunes.
Federação e Ministério do Planejamento também discutiram o preenchimento de cargos existentes, concurso para o quadro administrativo, Lei Orgânica, reestruturação do Departamento e outros assuntos. “Tivemos uma reunião produtiva e que abre caminho para avançarmos nas negociações”, frisa Sidnei Nunes.

O diretor Parlamentar, Paulo Roberto Oliveira diz que a A FenaPRF, conforme acordo firmado, participará de uma reunião com outras entidades sindicais no dia 5 de julho às 14h. “Na segunda quinzena de julho acontece um encontro entre MPOG, FenaPRF e sindicatos para dar continuidade ás negociações iniciais”, ressalta.

 Segundo Luciano Arruda a reunião desta quarta-feira é um avanço para os policiais. “Essa mesa é fruto de nosso trabalho e do apoio de representantes do legislativo e do próprio governo”.

AVALIAÇÃO – O presidente da FenaPRF, Gilson Dias da Silva, lembra o esforço da Federação e do sistema sindical para assegurar a reabertura da mesa de negociações. “Quando muitos não acreditavam na abertura dessa mesa seguimos trabalhando e hoje finalmente conseguimos iniciar as negociações”, diz o presidente.

Da Silva ressalta também que agora cabe ao sistema sindical assegurar a mobilização e a unidade em torno de uma negociação com o governo. “A maturidade de nosso sistema sindical, aliada a mobilização dos nossos colegas é fundamental para conquistarmos avanços para a categoria”.

Fonte: FENAPRF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.